🎁 Compre três produtos e ganhe 15% de desconto 🎁

Pré-diabetes é um termo médico usado para descrever uma condição na qual os níveis de glicose no sangue estão acima do normal, mas não o suficiente para serem diagnosticados como Diabetes tipo 2 .

Este estado de saúde intermédio é um sinal de alerta precoce que não deve ser ignorado, pois pode ser indicativo de um risco aumentado de desenvolver diabetes tipo 2 no futuro.

Neste artigo vamos explicar o que é pré-diabetes , sintomas , Fatores de risco e como isso pode ser evitado .

O que é pré-diabetes?

O pré-diabetes é uma condição na qual os níveis de glicose no sangue estão elevados, mas não atendem aos critérios para ser diagnosticado como diabetes tipo 2. Em termos mais simples, é um estágio intermediário entre o normal e o diabetes. Em geral, existem dois testes comuns para diagnosticar pré-diabetes:

  • O teste de hemoglobina glicosilada (HbA1c) : Um teste que mede os níveis médios de glicose no sangue nos últimos três meses. Um valor de HbA1c entre 5,7% e 6,4% é geralmente considerado pré-diabetes.
  • Teste de glicemia em jejum : Se os níveis de glicemia em jejum estiverem entre 100 e 125 mg/dL, é considerado pré-diabetes.
  • Sintomas de pré-diabetes

    O pré-diabetes costuma ser assintomático, o que significa que as pessoas que o apresentam podem não apresentar sintomas óbvios. No entanto, algumas pessoas podem notar sintomas leves, como aumento da sede, micção frequente, fadiga e visão turva.

    Fatores de risco pré-diabetes

    Vários fatores aumentam o risco de desenvolver pré-diabetes e diabetes tipo 2, incluindo:

    • História Familiar : Se você tem histórico familiar de diabetes, seu risco pode ser maior.
    • Excesso de peso ou obesidade : O excesso de peso corporal, especialmente na região abdominal, aumenta o risco de pré-diabetes.
    • Inatividade Física : A falta de exercícios regulares pode contribuir para o desenvolvimento de pré-diabetes.
    • Dieta pouco saudável : Comer uma dieta rica em açúcares, gorduras saturadas e carboidratos refinados pode aumentar o risco.
    • Idade : O risco de pré-diabetes aumenta com a idade, especialmente após os 45 anos.
    • Prevenção e tratamento do pré-diabetes
    • A boa notícia é que o pré-diabetes é reversível e pode ser prevenido em muitos casos.

    Aqui estão algumas estratégias principais para prevenir ou controlar o pré-diabetes:

    • Mudanças na Dieta : Adotar uma dieta rica em frutas, vegetais, grãos integrais, proteínas magras e reduzir o consumo de açúcares e alimentos processados ​​é essencial.
    • Atividade Física : Incorporar atividade física regular, como caminhar, nadar ou praticar exercícios, pode ajudar a melhorar a sensibilidade à insulina e controlar os níveis de glicose no sangue.
    • Perda de peso : Se você estiver com sobrepeso ou obesidade, perder mesmo uma pequena quantidade de peso pode ter um impacto significativo no pré-diabetes.
    • Exames médicos : É essencial realizar exames médicos regulares para controlar os níveis de glicose no sangue e outros fatores de risco. Em resumo, o pré-diabetes é uma condição médica grave que deve ser levada em consideração. Identificá-lo precocemente oferece a oportunidade de fazer mudanças no estilo de vida e prevenir a progressão para diabetes tipo 2. Consulte um profissional de saúde para obter orientação sobre como controlar o pré-diabetes e reduzir o risco de complicações a longo prazo.


      A informação e a ação precoce são os seus melhores aliados na luta contra a diabetes.